Por Marco Machado
20 de agosto de 2019

1mim. de leitura

LEAD É IOGURTE! Vence rápido, se não atendida, vence!

Muitas vezes escutamos que as empresas adquirem soluções de lead generation e que as agências enchem o topo de funil de oportunidades e muitas vezes essas “oportunidades”  (sim! oportunidades entre aspas) não passam para o próximo estágio do pipeline, muito menos para o committed stage.

É certo que algumas oportunidades são mal qualificadas, não utilizam metodologias como BANT e nem critérios de avaliação. Por outro lado, algumas oportunidades não são prontamente atendidas pelo time vendas, que levam dias para um simples contato com o cliente lead.

Triste, mas a oportunidade tem prazo de validade…

LEAD É IOGURTE! Vence rápido, se não atendida, vence!

 Então, como resolver este problema?

  • Eleja 1 “pai” para o projeto, ele será o responsável por dar continuidade e cobrar as pessoas envolvidas;
  • Crie um fluxo de comunicação efetiva com todos envolvidos;
  • Engaje o time de vendas, demonstre o projeto por completo;
  • Oportunidades devem ser reais! Nada de oportunidades  sem o BANT ou o famoso “curiosity”, se isto for uma rotina, seu projeto cai em descredito com o time de vendas;
  • FUP e mais FUP, assim o vendedor não deixa o lead de lado;
  • O lead é uma pequena parte do processo de vendas, o vendedor ainda será o herói, deixe isso claro para ele.

Com estes cuidados, seu projeto de lead generation tende a ser um sucesso, nós da Infinitto, fazemos isto em todos projetos.

Fechar Menu